O “tempo” no jogo de damas

Há um conceito abstrato no jogo de damas chamado tempo e que consiste na capacidade de entrar em oposição à peça do adversário obstruindo-lhe os movimentos. Irônicamente, a pressa em fazer o lance faz-nos perder o “tempo” e às vezes até a partida.

Nos finais de partida é onde mais se exercita o controle do tempo. Vamos supor um final de partida onde restam duas peças pretas nas posições f8 e g7 e duas peças brancas nas posições e1 e f4. Jogam as brancas.

1. f4-e5  f8-e7

Depois da troca 1. … g7-f6  2. e5:g7 f8:h6 as pretas cairiam na oposição, perdendo a partida.

2. e1-d2! g7-h6
3. d2-c3!

Se houver o equívoco de se jogar 2. d2-e3? perde-se o tempo. A sequência seria 2. … h6-g5  3. e5-f6 e7-d6! fugindo pela diagonal a3-f8 sem perigo de oposição, com empate.

3. … e7-f6
4. e5:g7 h6:f8

5. c3-d4, com vitória.

O final acima foi publicado no livro Jóias do Jogo de Damas, de Waldemar Bakumenko sendo os comentários também de sua autoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: